NOTÍCIAS

Compartilhe esta página:
Voltar
5 Coisas que Você Talvez Não Saiba Sobre o IR 2019

5 Coisas que Você Talvez Não Saiba Sobre o IR 2019

12/04/2019

Vantagens de quem entregou o IR com antecedência

Os contribuintes com direito à restituição do IR receberão o valor logo nos primeiros lotes. Isso ajudará se estiverem precisando de recursos financeiros.

Já estão livres do compromisso e do risco de perder o prazo.

Tiveram mais tempo para fazer ajustes da declaração e buscar documentos perdidos ou extraviados.

Tiveram mais tempo para conferir a declaração, evitando omissões e erros.

Vantagens de entregar o IR nos últimos dias, perto do prazo final

Se você tem direito à restituição do IR, mas não está precisando de recursos financeiros imediatos, receber o valor nos últimos lotes gerará uma correção monetária muito maior que a maioria das aplicações financeiras pagariam (Juros Selic), sem incidência de Imposto de Renda sobre o rendimento obtido.

Quem deve pagar novos valores de impostos terá como planejar o caixa para esse pagamento, pois postergará o prazo.

Documentos necessários para fazer a declaração

A declaração de seus rendimentos do ano anterior (ano base 2018).

Despesas médicas e odontológicas, suas e de seus dependentes legais.

Despesas escolares, suas e de seus dependentes legais.

Doações a instituições com a possibilidade de deduções legais.

Comprovantes de aluguéis, se esse for o seu caso.

Comprovantes de contribuições de Previdência Privada somente na modalidade PGBL – Programa Gerador de Benefício Livre.

Os “CPFs” de todos os dependentes, independentemente de idade, deverão ser informados na declaração.

Como fazer o IR

Primeiro, faça o download do programa gerador do Imposto de Renda que foi disponibilizado pela Secretaria da Fazenda.

Depois, decida se fará a declaração simples ou completa. O primeiro modelo oferece um desconto fixo ao contribuinte. No completo, é possível fazer algumas deduções de despesas específicas, como os gastos com saúde, educação, dependentes, pensão alimentícia e Previdência.

Uma novidade no programa é que o contribuinte poderá fazer a importação dos dados de 2018 para facilitar o preenchimento do formulário. Recomenda-se que seja feita a importação logo no início do preenchimento para que os dados de 2018 não sejam sobrepostos aos de 2019.

Outra atualização do programa permite que o contribuinte confira no dia seguinte da entrega do documento se os dados possuem alguma divergência.

Fuja da malha fina

A primeira recomendação é prestar bastante atenção no preenchimento do formulário. Outra dica é conferir no dia seguinte se a análise do extrato da Receita possui algum erro. Caso encontre informações inverídicas, o contribuinte poderá pedir uma correção ainda dentro do prazo.

Caem na malha fina os contribuintes que informaram rendimentos e deduções diferentes dos que foram encontrados pelo cruzamento dos dados das fontes pagadoras ou recebedoras.

Na PLUS Contábil, somos especialistas em Imposto de Renda para Pessoas Físicas. Conte conosco para auxiliá-lo em sua declaração 2019. Entre já em contato conosco: 11 4118-2797 / 11 99909-7034 / ir@pluscontabil.com.br.

Fonte: www.huffpostbrasil.com

Adaptado por: PLUS Contábil

Voltar